Texto, do latim textus 'tecido, teia, textura, narração', ou seja, trama: tessitura do tempo, da memória, do humano. Portador e instaurador de imagens entre tempos, culturas e pessoas, o texto propõe-se a ir além da mera comunicação. Não se abstendo dessa função: a de comunicar, o texto pode esgarçar os sentidos, explorar a polissemia, os recursos linguísticos, inventar novas formas de comunicar e de se apresentar, na fruição da própria forma, arte-palavra-ação. Arte que resulta, arte que se produz, arte que permanece. Texto-arte que atravessa os tempos, multiplicando-se em imagens, produzindo novos e múltiplos sentidos, e fazendo dialogar pelo exercício lúdico da intertextualidade outros tantos textos, numa infindável possibilidade associativa.

A Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa (ABRAPLIP) convida os seus associados e pesquisadores da área a participarem do XXVIII Congresso da ABRAPLIP, a ocorrer na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) em data ainda a ser definida, sob a temática Texto, tempo, imagem: Interlocuções.